6 Tendências em docinhos de casamento para 2016

Para realizar aquele casamento dos sonhos é fundamental ter toda atenção aos detalhes que vão compor a decoração e a estrutura do grande dia. E os docinhos não podem ficar de fora!

Cada vez roubando mais a atenção dos noivos e convidados, os doces já são parte da tradição no casamento. Em geral, ganham uma mesa exclusiva pra eles, além de decorar o entorno do bolo. Os doces finos, que antes eram essenciais nos casamentos, hoje já dão lugar para outros estilos mais descontraídos. Os sabores vão dos mais variados: desde os tradicionais chocolate e doce de leite, até sabores exóticos e alcoólicos.

“Os doces tanto elaborados como mais rústicos cabem bem no atual movimento bohemian, que são os casamentos à luz do dia; uma onda anos 70 que está bastante em alta. As forminhas e adornos de decoração indicam, na maioria das vezes, o melhor docinho”, explica a Chef Ana Stellato, especializada em buffet e doces em miniweddings. Para essa proposta, a chef indica uma opção de “marmitinha” ou caixinha em que os convidados possam levar alguns doces para a casa.

Apesar de não haver regras de doces mais tradicionais ou descolados para casamentos, é importante ter atenção na apresentação deles pra que esteja de acordo com a decoração. “Você pode incluir qualquer tipo de doce em todas as propostas de casamento, o que varia é a forma como você vai servi-los. Em um casamento tradicional os doces são apresentados da maneira mais comum, com formas e/ou tecidos para embalagens. Já em um casamento mais alternativo, você pode servir doces em potinhos, dar de lembrancinha, doces em conserva, servir brigadeiros no palitinho, por exemplo’”.